HIIT e síndrome do pânico: amigo ou inimigo?

Olá, tudo bom?

A síndrome do pânico é um transtorno de ansiedade caracterizado por um intenso medo com sintomas físicos e cognitivos, o que aumenta as chances de outros ataques. Embora os mecanismos fisiológicos ainda não estejam claros, alguns poucos dados na literatura apontam que o treinamento de intensidade vigorosa, como o treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT), induz um aumento das concentrações de lactato e β-endorfinas, que por sua vez aumentam as chances de outros ataques de pânico.

hiit e síndrome do pânicoPor outro lado, já é mais bem documentado que os exercícios de respiração profunda, como a ‪#‎meditação‬, são muito eficazes para melhorar a comunicação entre as áreas cerebrais que controlam o humor, as emoções (hipocampo, amígdala) e as funções cognitivas (córtex pré-frontal). Essas áreas tornam-se debilitadas nos transtornos da mente, logo é fundamental fortalece-las novamente.

Portanto, seguindo a ideia do quadro do Fantástico que busca exercícios mais apropriados para cada pessoa, na síndrome do pânico se sugere realizar principalmente exercícios de respiração e meditação, bem exercícios aeróbios e de força em intensidades moderadas.

Como se trata de um transtorno de ansiedade, a outra dica é seguir os pensamentos do preparador Nuno Cobra: “ocupe sua mente, e NÃO a PREocupe 😉!
Respire fundo e invista na sua saúde!

Até a próxima!

Saiba mais:
HIIT e Hipertrofia: Vale a pena investir?
Homens x Mulheres: Respostas iguais ao HIIT?
4 dicas para emagrecer com o HIIT!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s