Você joga a gema do ovo fora? Por quê?

Olá, tudo bom?

Dentre os vários mitos existentes no campo da nutrição, jogar a gema do ovo fora é um dos mitos que ainda resistem atualmente. Mas será que existe essa necessidade? Leia o repost de Nutrição dessa semana e entenda como isso pode ser prejudicial a sua saúde. Boa leitura!

_________________________________________

Por Eduardo Marinho – Dicas de treino.

Muitos começam a treinar e sentem a necessidade de procurar uma boa alimentação para evoluir de acordo com seus objetivos. Porém, as informações buscadas são de ídolos do esporte ou musas e blogueiras fitness que não possuem formação para prescrever uma dieta e sabe-se lá se entende de alimentação. Um erro muito grande é cortar a gema do ovo que tem inúmeros benefícios. Você sabia que está jogando fora um remédio para a saúde em geral?

benefícios da gema do ovoEm 2006, um estudo de Greene et al. foram selecionados 42 indivíduos de ambos os sexos com idades avançadas. Depois de selecionados, os mesmos foram divididos em dois grupos. 1 consumiu 3 ovos (640mg de colesterol) e 2 consumiu um substituto do ovo (0mg de colesterol) por 30 dias. O resultado dos grupos após 30 dias mostraram que o aumento nos níveis de LDL e HDL não estão relacionados com um consumo de ovo elevado, e ainda mostrou um aumento no plasma de carotenoides após consumo de ovos. Além disso, foi visto um aumento nas lipoproteínas de alta densidade (HDL) no grupo que consumiu 3 ovos inteiros em relação ao grupo que não consumiu ovo sobre indivíduos com sobrepeso ou obesos após 12 semanas (Mutungi et al, 2008).

Não satisfeito? Outros estudos selecionaram grupos com síndrome metabólica (SM) que entre uma das complicações está a dislipidemia. Um dos grupos estudados verificaram os efeitos da alimentação de 3 ovos inteiros por 12 semanas. O resultado do estudo mostrou que o consumo de 3 ovos inteiros por dia aumentou o HDL (colesterol bom), e reduziu o LDL e triglicerídeos. Mostrou mais uma vez que a gema do ovo é uma importante fonte para aumentar os carotenoides em indivíduos com síndrome metabólica (Blesso et al, 2013). Da mesma forma que o consumo de ovos inteiros (n=3) em uma dieta moderada em carboidratos melhorou o perfil lipídico (aumento HDL, redução LDL) e resistência à insulina em pacientes com SM (Blesso et al, 2013; Andersen et al, 2013). Mostrou ainda que uma dieta com a adição de ovos diários melhorou o perfil glicêmico e lipídico, pressão arterial e LDL em indivíduos com diabetes tipo 2 (Pearce et al, 2011).

Uma revisão de Fernandez (2006) tentou estabelecer a ligação com o consumo do ovo e o risco de doenças cardíacas. O estudo mostrou que as recomendações dietéticas para restringir ovos não devem ser generalizadas para todos os indivíduos. Mostrando ainda que o aumento das concentrações de luteína e zeaxantina podem ser boas fontes de antioxidantes.

Vai continuar seguindo quem acha que entende de alimentação ou quem realmente estuda, sabe buscar estudos sobre alimentos e nutriente e adéqua uma dieta de acordo com suas necessidades?

Não jogue fora a gema do ovo….…isso é um crime para sua Saúde!

________________________________________

Até a próxima!

Saiba mais:
Quantos ovos posso comer?
Suplementação de proteínas e emagrecimento.
9 benefícios da carne vermelha!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s